Como montar sua equipe espiritual

chohans

Saudações de Luz,

Muitos de vocês sabem exatamente como eu trabalho: chamo pelo capitão Mitt, peço conexão à nave estelar Crystal Infinitum, chamo o Projeto Conexão Estelar, e continuo ancorando (chamando pela energia) mais uma dezena de seres e egrégoras que tenho afinidade e que sei que virão me ajudar. Isso eu sempre faço antes de qualquer atividade espiritual.

Mas nem sempre foi assim…

No passado era apenas, eu, eu mesmo, e mais um ou dois mentores corajosos que me apoiavam nas minhas aventuras. Um simples e harmonioso tratamento de reiki para alguém, às vezes terminava com um mago negro querendo me pegar, por estar harmonizando o humano “dele”. Também poderia acontecer de eu começar a ouvir um zumbido metálico no ouvido, e expandindo minha visão perceber que existia uma nave extradimensional não confederada, em cima da minha casa tentando interferir e atrapalhar minhas atividades. Enfim, cenários comuns do meu dia-a-dia em uma época longínqua.

Hoje em dia é tudo tão mais fácil. Tenho um orientador para me ajudar diretamente, temos naves estelares, temos tecnologia de cura que são surreais, temos uma centena de seres para ajudar, mesmo que eu não esteja fazendo nada tão grandioso, porém muito importante.

O que mudou de lá pra cá, é que hoje eu tenho uma equipe pra me ajudar. Uma equipe tão forte e coesa que eu confio minha segurança pessoal neles. Eles é que guardam as minhas costas 24h por dia. Eles monitoram minha casa, minha família, à mim, e qualquer lugar que eu vá. Isso pois é o nosso acordo e isso me ajuda absurdamente. Me poupa de ter que lidar com alguns seres vindo até mim à cada meia-hora.

A maior parte das pessoas não precisa de uma equipe assim. No entanto, é muito importante que se tenha seus mentores, guardiões e orientadores sempre perto de você, todo o tempo. Além de te ajudar, eles poderão colaborar no seu desenvolvimento espiritual, irão te fortalecer de várias formas possíveis.

Essa equipe que tenho está ao meu lado por uma razão. Primeiro porque preciso, mas preciso por que estou fazendo algo que requer a presença deles. Estou sempre realizando alguma atividade espiritual: trabalhando em grupos, fazendo meditações, dando cursos, atendendo outras pessoas. Tudo isso requer um apoio muito maior do que eu. Por isso eles estão próximos à mim, pois toda hora preciso deles.

Minha equipe foi aumentando gradativamente com o tempo, e de acordo com o que eu me permitia realizar. Como sempre foquei em cura, desobsessão, e reconexão cósmica, minhas egrégoras são mais focadas nisso, diria até que são especialistas. E isso poderá ser diferente para cada pessoa. De acordo com o que você se propõe a realizar espiritualmente, irá atrair determinados tipos de seres para te ajudar, de uma forma natural.

Queria compartilhar algumas dicas para que você monte sua equipe também:

1) Escolha um dia da semana e horário. Faça semanalmente suas práticas espirituais nesse momento, assim criará o hábito dos seus mentores sempre estarem ao seu lado neste mesmo dia e horário. Se você faz parte de algum grupo semanal, também serve. Procure não faltar.

2) Antes de sair de casa para trabalhar, estudar, ou qualquer coisa. Faça um momento de silêncio, peça a presença e proteção deles durante seu dia, para que você vá e volte em equilíbrio, paz e segurança.

3) Se você vê alguém em necessidade e não tem como ajudar, ancore esses seres, peça ajuda deles para que da melhor forma, eles possam ajudar essa pessoa.

4) Ao chegar em casa, agradeça a eles, por terem te acompanhado. Se estiver exausto, após um banho, sente por 15 minutos e ancore todos eles para que te ajudem em uma energização e que você recupere as suas energias.

5) Se alguém em casa estiver precisando de auxílio, chame por eles e peça que ajudem e guiem este indivíduo.

6) Se você trabalha com cura ou alguma técnica vibracional, ancore seus mentores antes de começar, para que eles também participem ativamente deste processo.

7) Antes de deitar, chame seus mentores e peça que eles estejam com você quando dormir e estiver projetado nas dimensões superiores. Peça, para que na medida do possível, esse tempo seja usada para estudo, aperfeiçoamento, serviço e práticas que irão colaborar com o seu desenvolvimento espiritual.

8) Tenha gratidão por todos os seres que te ajudam. Tenha amor e bondade no coração. Procure ser útil sempre que possível. Mantenha-se na Luz!

 

Espero que aproveitem. Essas poucas dias cotidianas, servirão para aproximar ainda mais seus mentores de você, criando uma sinergia, uma amizade verdadeira. Assim, muitos outros seres surgirão e estarão ao seu lado para ajudar, pois assim você não será mais uma pessoa passiva. Será um grande Ser de Luz, que está sempre ativamente buscando expandir a Luz no planeta, como um verdadeiro Trabalhador da Luz.

Desejo o melhor de todo o Universo como bênçãos à sua vida!

Unidade em Luz,

Alryom

O encontro com um monge budista

Eu estava me sentando no sofá para fazer minha meditação da manhã. Comecei a respirar profundamente, e em poucos instantes, vejo todo o meu redor repleto de nuvens brancas e tudo azul.

Me vi sentado em frente a um monge budista, no meio das nuvens. Ele me olha sério em meus olhos e me diz:

– Você é um ser estelar que está vivendo na Terra. Seu trabalho é ancorar um novo modelo de consciência e deixar disponível à todos. Você veio de um outro local justamente para fazer isto. Seu dever é mostrar o caminho, mas cabe a cada um confiar em si e seguir por si só.

No nível de consciência que eu estava não consegui falar nada, apenas fiquei recebendo essa energia através das palavras dele. Fiquei pensando porque de uma mensagem tão breve e reflexiva.

No início achei desnecessário escrever isto. Porém ele ficou olhando para mim aguardando que eu escrevesse. Vendo minha hesitação, disse que eu tinha 5minutos para escrever até que ele fosse embora. Até eu pegar o computador, ligar e preparar tudo já tinha ido quase o tempo todo. Comecei a escrever faltando 1 minuto. Via o tempo passando como se fosse um relógio etérico em minha frente. Quando faltavam uns 30 segundos, assumi que não conseguiria terminar. Então, fiz o exercício de parar o tempo, que a Solara nos ensinou. Fiz isso e deu certo! O relógio congelou na minha frente e os segundos restantes passavam como se fossem quase minutos. Terminei a tempo. E ainda deu para revisar o texto…

Olhei para o lado e ele estava próximo a mim. Então me disse:

– Muito bem, pode publicar!

Levantou sua mão direita e saiu um feixe de energia verde, atingindo meu chakra frontal. Me senti fortificado e bem. Ele então desapareceu, da mesma forma como veio.

Luz no Caminho,

Bruno