A Fala Humana

“A fala é o armamento de todo ser humano. Os animais têm agilidade nos pés, agudez das garras, presas, chifres, dentes, bicos, unhas, etc. Mas os seres humanos são dotados com a fala como uma faculdade, como seu armamento. A primeira lição no aprendizado fundamental para um aspirante espiritual é o “Controle da Fala”. Através da doçura de sua voz, você pode desarmar toda a oposição e derrotar todos os projetos de ódio. Doçura o torna Pashupathi (Divino). Aspereza o torna pashu (Bestial). Merda polidez ou doçura externa é hipocrisia. A fala sincera deve fluir da doçura real do coração, um coração cheio de amor. Remova todo mal do lago transparente de sua mente e torne-o uma morada adequada para o Divino.”

Sathya Sai Baba

A mente não deve ficar vagando em todas as direções

“A mente não deve ficar vagando em todas as direções indiscriminadamente como uma mosca. A mosca vive na loja de doces e corre atrás dos carros de lixo; a mosca (mente) deve ser ensinada a perceber a doçura do primeiro lugar e a presença de impurezas no segundo lugar, de modo que não abandone a loja de doces e siga o caminhão de lixo. Quando tal ensinamento é transmitido para a mente, ele é chamado de meditação.

Por outro lado, veja a abelha! Ela tem contato apenas com a doçura; ela se aproxima apenas das flores que possuem néctar; não é atraída por outros lugares; nunca vai até lá. Da mesma forma, você deve abandonar todos os apegos pela atração sensorial.”

Sathya Sai Baba