Novo ano, novas possibilidades!

Todos os dias acordo e fico pensando de que forma posso ser útil ao mundo, como posso ajudar as pessoas através da espiritualidade, que é aquilo que amo fazer.

Essas perguntas sempre me trazem respostas incríveis e por isso tenho trabalhado silenciosamente dia após dia para sempre trazer algo fantástico à todos.

Há um ano atrás algumas centenas de pessoas acompanhavam o meu trabalho, que era praticamente oculto. Inúmeras foram as vezes que me diziam que mais pessoas deveriam conhecer o que realizo e pouco tempo depois dezenas de milhares de pessoas participam das coisas que faço. Isso só aumenta minha responsabilidade e me deixa mais exigente comigo mesmo.

Esse ano promete muito e eu farei de tudo para trazer à vocês tudo aquilo que existe de mais fantástico. Trarei as pessoas mais incríveis, cujos trabalhos atingiram o estado da arte para falar para vocês e compartilhar o que sabem. Tudo isso somado ao que já realizo através das minhas próprias atividades.

Tenha certeza de que esse ano será de arrepiar! É apenas o início… o que farei este ano será para expandir a consciência de vocês para níveis inimagináveis. Acredite, as pessoas mais fantásticas estarão comigo para me ajudar nessa Jornada. E nem vai demorar a tudo isso começar…

Tudo o que fiz até agora mal arranhou a superfície das possibilidades. O melhor ainda está porvir.

Que neste ano vocês SEJAM tudo o que sempre sonharam SER.

Gratidão e Luz!

Invenção de estudante brasileiro substitui antibiótico por Luz

O emissor de luz criado pelo pernambucano Caio Guimarães é capaz de matar até as bactérias mais resistentes

Ao invés de antibióticos que agridem o estômago, luzes capaz de trata infecções. Essa foi a ideia desenvolvida pelo estudante pernambucano Caio Guimarães, que durante um estágio no Wellman Center, laboratório de Harvard e do Instituto de Tecnologia de Massachusetts (MIT), desenvolveu a tecnologia capaz de tratar infecções através da irradiação de luz nos tecidos humanos.
Em uma frequência que mata até mesmo as bactérias mais resistentes, os equipamentos são capazes de eliminar a infecção em cerca de uma hora. Bem mais eficiente que os antibióticos que existem no mercado farmacêutico, o mecanismo já foi testado em uma pesquisa patrocinada pelo exército norte-americano para eliminar uma bactéria encontrada em ferimentos de soldados que foram ao Iraque.
Como uma lanterna portátil, o equipamento conta com lâmpadas de led calibradas para irradiar uma frequência exata de luz, que é visível a olho humano e não tem efeitos colaterais. Uma microagulha guiar a luz da fonte para dentro dos tecidos humanos, atingindo até mesmo áreas mais profundas. Em fevereiro de 2015, o trabalho será apresentado no Photonics West, em São Francisco, na Califórnia.
Veja abaixo o vídeo produzido pelo Diário de Pernambuco:

Fonte: http://asboasnovas.com/tecnologia/invencao-de-estudante-brasileiro-substitui-antibiotico-por-luz

Fonte: