Sathya Sai Baba e os Extraterrestres

Sathya Sai Baba e os Extraterrestres

Indiano adorado por milhões de pessoas alega ter contato com ETs

(Luiz Eduardo de Castro)

Uma das pessoas mais importantes da Humanidade atualmente nasceu no sul da Índia, na aldeia de Puttaparthi, em 23 de novembro de 1926. Seus pais Pedda e Easwaramma Raju lhe deram o nome Sathya­narayana Raju. Sathya significa verdade e Narayana quer dizer “Deus residindo em nossos corações”. Com três anos, seu avô Kondammana Raju já o chamava de pequeno mestre. Aos cinco foi apelidado Brahmajnani, ou “aquele que adquiriu a sabedoria que revela a realidade interior”. Aos seis anos começava a realizar pequenos milagres, materializando alimentos em uma cesta vazia para os colegas de escola, e com cerca de 10 anos já estava ensinando aos eruditos da Índia sobre os vedas [Escrituras sagradas para os hindus], embora nunca tivesse lido nada a respeito.

Aos doze anos, Raju se graduou no Curso Secundário em Uravakonda, onde seu irmão mais velho era professor de télego, um dialeto da região Puttaparthi. Lá, ganhou fama como excelente escritor, bom músico, gênio na dança, um estudante mais sábio do que qualquer mestre e uma pessoa capaz de ver o passado e o futuro. Os professores disputavam uns com os outros para ensiná-lo. Logo Raju se tomou o líder do grupo de orações, a vida e alma das escolas de teatro, escrevendo e atuando em diversas peças. Como se não bastasse, era o principal membro dos times de atletismo locais, pois corria rapidamente.

Aos 14 anos, o jovem indiano deixou seus livros escolares e anunciou que sua missão na Terra tinha começado. Fez um pronunciamento na plataforma de orações de sua escola durante a sessão de rezas da manhã e falou que não podia mais fingir ser um estudante normal ou até mesmo um membro de sua família. Sentou-se em uma pedra e falou sobre sua missão como um avatar {Enviado de Deus]. Identificou-se então como Sai Baba, reencarnação de Sai Baba de Shirdi, homem considerado santo por realizar milagres e defender o respeito mútuo entre hinduístas e mulçumanos, falecido em 1918 na cidade de Shirdi.

Sai Baba disse, então, que sua missão era salvar a Humanidade através do amor. E em 1947, quando começou a viajar pela Índia, operando milagres e pregando a paz, ficou bastante conhecido pelos povos locais como o “Deus-homem nascido em Puttaparthi”. Seus três principais ensinamentos são a universalidade de todas as religiões, a centelha divina residindo em todos os humanos (o que constitui a base da fraternidade do homem e da paternidade de Deus) e o fato de que Deus é amor e o caminho mais rápido e direto até Ele é através do serviço desinteressado.
Continuar lendo