Tempestades Solares podem salvar a Humanidade

As Tempestades Solares podem salvar a Humanidade

 

Pelo Cientista alemão Dieter Broers

O cientista e biofísico alemão Dieter Broers passou mais de 30 anos investigando os efeitos dos campos eletromagnéticos nos seres humanos, e é um dos poucos que tocaram no tema de 2012 com uma visão realista, científica, e com uma boa dose de esperança.

Broers descobriu que as perturbações significativas nos campos eletromagnéticos que rodeiam os seres humanos podem criar estados mentais similares aos provocados pelas drogas alucinógenas ou experiências místicas.

A alteração de nossos campos eletromagnéticos produzida pelas “explosões solares” ou “tempestades solares” previstas para 2012, afetaria nossa consciência e percepção da realidade. Poderíamos experimentar, em dias de alta atividade solar, alucinações e estados mentais extremamente desconcertantes ou prazerosos.

Para Broers, o importante destes estados mentais, que poderíamos chamar alterados, é que nos permitiriam entender a crise global que vive o planeta como o sintoma de uma doença que pode ser curada.

Imagine isto. Você vai à rua para buscar trabalho e para em frente a uma banca de jornal. Subitamente, as fotos pegam vida e começam a falar com você. Primeiro você se assusta e pensa que está ficando louco, mas logo o aceita e estabelece um diálogo. A conversa leva você por caminhos desconhecidos e pontos de vista que nunca antes havia percebido. De pronto, você percebe que a humanidade está mal, que está doente, e entende por quê e como se pode solucionar.

Graças às reflexões coletivas que teria a humanidade neste estado, produto da perturbação de nossos campos eletromagnéticos provocada pelas tempestades solares, chegaríamos a encontrar a cura para a crise global que enfrenta nossa sociedade.
Continuar lendo

Video da Nasa captura uma nave gigantesca

Vídeo incrível da NASA captura o que parece ser

uma gigantesca nave alienígena

Uma câmera a bordo do satélite STEREO A parece ter capturado em vídeo um objeto que parece com uma nave espacial alienígena de verdade. O objeto desconhecido apareceu quando a CME – Coronal Mass Ejection do Sol atingiu o planeta Mercúrio. Assista ao vídeo e julgue por si mesmo.

O que quer que seja, o objeto aparece também nas imagens feitas ao mesmo tempo pelo satélite gêmeo STEREO, que estava do lado oposto do acontecido.

Rode o vídeo em tela cheia.
O que está acontecendo no vídeo?

O vídeo mostra uma ejeção de massa coronal vinda do Sol e chegando ao planeta Mercúrio. Essas ejeções de massa são massivas explosões de vento solar, radiação e campos magnéticos que ultrapassam muito a corona solar, adentrando o espaço. Elas são tão grandes que às vezes chegam à Terra.

Dá pra ver a enorme onda solar chegando a Mercúrio, mas, bem quando ela está passando, algo mais se tornar visível: uma forma bastante angular que parece ser formada por dois objetos diferentes unidos. O que aparenta é que a onda de CME revela um volume durante o impacto, interagindo com ele.
Continuar lendo