O lado oculto da Lua

Por Fred Steckling

Segue-se um trecho do livro “We Discovered Alien Bases on the Moon” (Nós Descobrimos Bases Alienígenas na Lua) de autoria de Fred Steckling, 1981.

O Lado oculto da Lua abrigaria restos de uma cidade alienígena

Não resta dúvida de que o verdadeiro progresso mecânico de uma civilização avançada é atingido por meio de sua manobrabilidade aérea ilimitada. Veículos de todas as formas e tamanhos, destinados a qualquer propósito concebível, propulsionados por uma forma de energia livre, tal como a propulsão eletromagnética, são necessários para transporte de cargas, mercadorias e pessoal.

As estradas e auto-estradas tornam-se então obsoletas e, como tal, não são encontradas na Lua. Foram encontrados, e se assemelham bastante a estradas, o que parecem ser túneis e grandes sistemas tubulares, que talvez sejam pressurizados para uso em operações de mineração. Foram fotografados rastros de veículos no solo, colinas acima e abaixo. Pelo que sei esses grandes veículos, alguns com 22 metros de largura, parecem examinar o solo em busca de possibilidades futuras de mineração. Os rastros deixados por esses veículos mostram “alinhavos” definidos feitos por algum tipo de veículo munido de correias.

Até mesmo numa civilização avançada que dispõe de manobrabilidade aérea total, é necessário que os veículos que entrarem em contato com o chão colham amostras de solo. Devemos também saber que não podemos comparar nossa tecnologia com a de outros seres de outros planetas. Embora eu tenha certeza de que existem algumas semelhanças, dispositivos diferentes de transporte, cultivo, moradia, etc. podem ter evoluído muito além da compreensão da maior parte.
Continuar lendo

O porque de não retornarmos à Lua

Porque não retornamos à Lua

As missões lunares da Apollo, nos anos sessenta foram o início da corrida espacial, uma viagem para as estrelas. Inicialmente, todas as missões lunares foram para a investigação do astro mais próximo ao nosso, recolha de amostras de solo e rochas e elementos metálicos, bem como a busca por vida extraterrestre. Neil Armstrong o primeiro homem a pisar na lua nunca em seus sonhos mais selvagens poderia imaginar o que foi encontrado, na superfície da lua. Outros astronautas em missões seguintes também tiveram avistamentos inacreditáveis na trajetória em torno da Lua enquanto faziam a preparação para o pouso na sua superfície. Cada um e cada missão à lua era observada de perto por uma nave alienígena, não era incomum para cada nave Apollo, ser seguida a partir da Terra para a lua. Referências de bogey ou Santa Claus, muitas vezes significava que havia uma nave extraterrestre nas proximidades da nave Apollo. Neil Armstrong e Edwin “Buzz” Aldrin, ambos afirmaram ter visto OVNIs na Lua em 21 julho de 1969 na Apolo 11. Os astronautas disseram que viram uma luz e um objeto estacionado perto da borda de uma cratera. Também teria acontecido de um dos astronautas tropeçar perto da borda de uma cratera e um outro astronauta chegando a ajudá-lo antes que ele caísse. Se caísse dentro de uma cratera poderia ser mortal.Os astronautas estavam apenas a pouca distância das naves e com oxigênio suficiente para fazer uma caminhada curta na superfície da Lua. Já a  Apollo 13 esteve com problemas, mas o pior foi a falta de oxigênio devido à explosão de um tanque e com o fogo, a história diz que o regulador de pressão não funcionou acima de uma certa temperatura e, uma vez que tinha sido danificado, devido ao incêndio, a pressão causou uma explosão. A nave aterrissou nesta missão, mas passou pouco tempo na superfície, então tiveram que rodar em torno da lua em uma revolução e retornar à Terra. Alternativas não faltaram sobre histórias do que teria acontecido na Apollo 13, uma delas é que a missão Apollo anterior tinha ido à Lua carregando um pequeno dispositivo explosivo. O explosivo foi colocado na Lua e longe das naves de desembarque e, em seguida detonou-se uma explosão retumbante na Lua e esta teria vibrado como um sino por duas horas, ou seja a Lua é oca. Então Apolo 13 em seu caminho para a Lua tinha outro, mas maior artefato explosivo colocado nela para detonação, mais uma vez sobre a superfície da Lua. Os rumores são de que mais uma vez, uma nave alienígena estava em proximidade com o Apollo 13 e estavam cientes do dispositivo a bordo. Foi este dispositivo explosivo que teria sido alvejado por um OVNI e explodiu OVNI DO ARQUIVO DA NASA9 causando danos aos tanques de oxigênio. Teoricamente, a missão Apollo 13 nunca deveria ter retornado a Terra e os tripulantes deveriam ter morrido de inanição de oxigênio. Supõe-se que o OVNI ajudou a nave Apollo a voltar para a órbita da Terra. A razão por trás da explosão provavelmente seria causar danos incalculáveis ​​para a superfície da Lua e talvez, dano a civilização alienígena que está com bases lá e fazendo mineração de superfície por um longo tempo. Apesar de haver várias missões para a Lua, elas eram curtas e gastavam muito pouco tempo sobre a superfície da Lua, basicamente porque haviam sido pré-planejadas pela Nasa. Embora não houvesse explicação para essas missões serem apressadas, ​​os astronautas lançaram alguma luz sobre o assunto, “nós fomos alertados e orientados a não voltar”. Havia um plano de fazer uma base na Lua e que deveria ter acontecido há muito tempo, o incidente em que uma nave que teria sido vista no outro lado da lua, provavelmente, acabou com qualquer desses planos. Marte também havia sido planejada para uma base de pouso, mas nunca aconteceu. A militarização do programa espacial e do espaço em si tem arquivado todas as idéias de estações espaciais em torno de outros planetas e bases em sua superfície. Vejam no álbum abaixo algumas outras fotos e tire sua conclusão:

Apagaram algo dessa imagem

Naves voando ao fundo

Mais naves

Algum monumento

Continuar lendo